12 de novembro de 2013

16 de setembro de 2013

Ferro, Serpentes e um Show pra Faze.


Bem galera ou um olá para você que esta lendo este post.

Eu queria compartilha uma parada legal que rolou hoje comigo.

Estava eu e meu colega de trabalho voltando para casa depois de mais um dia fadigo de trabalho, e pelo caminho um cara ia andando pela rua falando ao celular, quando nos deparamos era o Carlos Nunes, ator e interprete da famosa peça "Como sobreviver em festa e bifes de recepção escassa" a principio achei muito legal encontra alguém famoso mas ao longo do tempo percebi que se tratava de um cara comum, não da parte dele, mas foi eu quem percebi isso.

Eu vi que somos todos faria do mesmo saco "eles também cagam como nos e passam horas no banheiro". 

Eu também percebi que caraca, dentro de nossas igrejas nos idolatramos muito caras panhas e mais fracos que nos ainda.

Ter admiração e carinho e uma coisa, brigar discutir e até parar de conversar porque falamos mau do seu ídolo e totalmente bola fora.

Uma vez eu falei mau de uma cantora gospel e quase fui expulso da festa.


Percebi que quando me despedi do Ator ele me olhou surpreso porque não pedi para tirar foto e nem autografo. Por que são pessoas comuns. Me desculpem mas a ilustração mais plausível na minha cabeça é que eles também cagam e usam o banheiro. Idolatramos demais, e levantamos ídolos dentro de nossas igrejas e acabamos perdendo o foco. Ou queremos a luz do holofote ou queremos colocar a luz do holofote! Pena que isso não vai ser pregado nos púlpitos por ai. Mas ainda bem que tem alguns remanescentes. Por que tudo vira idolatria até isso 2º Reis 18:4

23 de junho de 2012

ÔNIBUS, LUGAR E RELACIONAMENTO

Não, não nada disso que você esta pensando!

Outro dia eu peguei um ônibus indicado por uma colega de trabalho, que iria me ajudar a corta caminho.
Só que este caminho havia se tornado uma viajem de 2 horas, e eu pude contemplar o coletivo se encher e esvaziar.
O problema não foi o tempo mas as voltas que o coletivo deu para se chegar ao destino que eu esperava, mas foi ai que fui percebe uma coisa interessante.

As pessoas como na vida também escolhem se assentar ao lado das pessoas por afinidade e por falta de escolha se contorcem e vão na marra se sentar,
numa parte da viagem eu pude observar uma garota, se sentar nos assentos reservados porque talvez ninguém a tenha atraído.

A idéia de seleção foi quebrada quando um cara veio se sentar ao meu lado, enquanto eu esperava a ruiva, o que quebrou foi o comentário sobre coisas
inteligentes e interessantes que conversamos pelo caminho, isso prova que as pessoas não são legais enquanto nos não a conhecemos.

Temos a idéia de pré-jugar antes de saber ou ter certeza das coisas.

Quem sabe um dia desse você não tente fazer ao contrario, conheça primeiro o gosto da laranja antes de falar se ela estava azeda, as vezes todas elas tem a mesma cara mas não o mesmo gosto.

Fica a dica. 

8 de novembro de 2011

CTI UMA HISTORIA E OUTRA DICA

Estava tudo beleza naquela tarde, tirando as exigências feitas pelo supervisor, clientes e de mim mesmo, o resto estaria tranqüilo. Mas como nem tudo continua um mar de flores para sempre, eu recebi a notícia de que meu pai havia sido hospitalizado no C.T.I de um hospital. Nessa hora coisas começaram a passar por minha cabeça, será que ele vai morrer? Será que desta vez as coisas vão piorar? Como vou fazer lá em casa sem o meu pai por perto? Uma enchurrada de pensamentos vieram como um peso de metal sobre a mente. Quando em meio a todos esses pensamentos escuros eu lembrei de uma frase: "Não devemos viver como se nosso corpo fosse eterno, pois somos uma alma morando em um corpo" pensei que seria muito mais fácil aceitar o fato de perder meu pai para o câncer, dizer para ele que é mais fácil se entregar, desejar que tudo seja rápido e sem dor. Nessas horas queremos o alívio, a maré mais baixa, o que nos pode fazer flutuar. O que não exigi nosso esfoço ou coragem. Nessa hora eu percebi o quanto somos mesquinhos e infantis, e exigimos que Deus nos mime e nos ponha para dormir aconchegados em seus braços. Como podemos aceitar isso? Como podemos simplesmente desejar o conforto das promessas sem clamar por elas, lembrei-me de Neemias, se ele ficasse como eu, ao olhar para as muralhas e cidade em ruínas, e lamentasse ou desejasse que tudo fosse mais fácil, e quando seus pensamentos carregassem seus pés de volta ao chão fazendo com que a realidade estourasse como uma bomba ensurdecedora, gritando que não fomos chamados para se entregar ao comodismo, de esperar que outros lutem nossa luta ao invés de desejar que lutem ao nosso lado. Quando cheguei, vi que o estado do meu velho era ruim, lembrei que não é facil lutar, mas, existe mais longevidade na vitória conquistada com honra, coragem e amor. Foi assim ao longo da história e sempre será, pois se Jesus tivesse desistido ao ver que os que eram seus o haviam rejeitado e chutado o balde, se grandes homens e mulheres ao longo da história tivessem se curvado frente as dificuldade e adiversidades? O que seria do nosso hoje? Então, o que quero dizer para você e para o meu pai, é que: NÃO PAREM DE LUTAR, POR MAIS QUE O UNIVERSO CONSPIRE CONTRA VOCÊ, TALVEZ ESTEJA NO CAMINHO CERTO E SE ESTIVER, ELE QUE FEZ O UNIVERSO ESTARÁ COM VOCÊ ATÉ O FIM, ATÉ QUE OS SÉCULOS SE CONSUMAM. Wemerson

5 de novembro de 2011

SONHO BRASILEIRO

Sonho Brasileiro_Manifesto from box1824 on Vimeo.

Você Conhece Jesus?

Você conhece Jesus?
Jesus não é apenas o Salvador, o Messias, o Médico, o Sacerdote e o Rei. Ele é também o maior revolucionário de todos os tempos. Tanto que alguns cristãos o conhecem como tal. Algumas pessoas desconhecem Cristo enquanto mestre, profeta radical, orador provocativo polêmico - Alguém que mudou todo o curso da história. Ele é pleno de misericórdia e de bondade, e ele ama você de uma forma inexplicável. Ele é zeloso. Considere a conduta de Jesus enquanto esteve na terra. Jesus nunca foi agitador ou rebelde. Embora em todo tempo que viveu como homem desafiasse as tradições dos judeus que viviam com ele. Ele não fazia isso por acaso, fazia decidido, consciente dos seus atos. Alguns dos judeus pela "verdade" que enxergavam, tentaram extinguir A VERDADE que eles não conseguiam ver. Isto explica porque sempre houve uma polêmica entre a "tradição dos anciãos" e os atos de Jesus. Alguém disse certa vez que "um rebelde tenta mudar o passado; um revolucionário tenta mudar o futuro". Jesus Cristo trouxe uma drástica mudança ao mundo. Mudou à visão de homem sobre Deus. Mudou à visão de Deus sobre o homem. Mudou à visão dos homens sobre as mulheres e vice-versa. Cristo veio trazer uma mudança radical ao modo antigo de vida, substituindo por uma nova ordem. Ele veio para trazer um novo pacto - um novo reino - um novo nascimento - uma nova raça - uma nova espécie - uma nova cultura - e uma nova civilização. Leia do princípio ao fim os Evangelhos, e veja o Senhor, o Revolucionário. Em Jesus temos um Homem que recusava render-se as pressões da conformidade religiosa. Um Homem que pregava uma revolução. Um Homem que não tolerava a hipocrisia. Um Homem que não tinha medo de provocar aqueles que tentaram acabar com o evangelho libertador que Ele trouxe para libertar os homens. Onde pretendo chegar? Jesus veio não apenas como Messias, Ungido de Deus, para sarar seu Povo das feridas da queda. Ele não veio apenas como Salvador, pagando uma dívida que não era dEle para perdoar os pecados da humanidade. Ele não veio apenas como Profeta, consolando aflitos e afligindo acomodados. Ele não veio apenas como Sacerdote, representando o homem perante Deus e representando Deus perante o homem. Ele não veio apenas como Rei triunfante sobre toda autoridade e poder. Ele também veio como Revolucionário, quebrando o velho “eu” com o intuito de transformálo em um “eu” novo. Veja seu Senhor, o Revolucionário! Se você quer ser um discípulo do Revolucionário de Nazaré, do Messias Radical, você provavelmente deve estar pensando no seguinte. "Serei curado?" Apenas em Cristo há cura.

ShareThis